domingo, 18 de setembro de 2011

Moranga recheada com carne moída e requeijão.






Está receita encontrei por acaso na janela do MSN, já que estava com vontade de comer abóbora. Realmente foi a escolha certa, pois está receita é super fácil de fazer e sai bem barato.

Acredito que nem 15 reais você gasta, já que o mais caro é a carne moída.

Bom, deixo a receita abaixo mas vou dizer que fiz algumas modificações, já que o cheiro verde não tinha no Extra daqui...

Ingredientes

Qtde Medida Ingrediente
1 Unidade(s) Abóbora moranga média cozida (aproximadamente 2 quilos)
1 Colher(es) de sopa Azeite
1 Unidade(s) Cebola pequena picada
250 Grama(s) Carne moída
1/2 Xícara(s) água quente
1/2 Colher(es) de chá Sal
1 Unidade(s) Sachê de molho de tomate pomarola natural clássico
1 Xícara(s) Requeijão cremoso
1 Colher(es) de sopa Cheiro-verde picado

modo de preparo

1.Corte uma tampa na moranga e, com o auxílio de uma colher, escave a moranga, sem furar a casca. Reserve em separado a moranga e a polpa.
2.Em uma panela média, aqueça o azeite em fogo médio. Doure a cebola. Junte a carne e refogue até perder a cor avermelhada. Coloque a polpa da abobora reservada a água e o sal. Misture e cozinhe, mexendo de vez em quando, até secar.
3.Acrescente o molho de tomate pomarola natural clássico, misture e cozinhe em fogo médio até ferver.
4.Junte metade do requeijão e metade do cheiro-verde. Misture e coloque na moranga reservada. Cubra com o restante do requeijão e polvilhe o restante do cheiro-verde. Sirva em seguida.
5.Dica: para cozinhar a moranga, corte uma tampa na moranga, coloque em uma panela grande,


O meu modo de preparo:

Com a abóbora eu fiz errado; Joguei a abóbora inteira, apenas lavada, dentro da panela e deixei 10 minutos fervendo. Ai resolvi pesquisar na internet como poderia fazer, como vi que tinha que cortar a tampinha e tirar os fiapos e as sementes, corri para desfazer o errinho hehehe.

Peguei a abóbora, cortei a tampinha, mas achei que ficou tortinha heheheh, e retirei o máximo de sementes que pude, assim como os fiapos. Para meu azar, os fiapinhos debaixo estavam prezos no fundo e com isso fez um buraquinho no fundo da abóbora. Tentei por de volta mas não deu... paciência...
Coloquei por mais 10 minutos, fervendo sem a tampa, com o furo de cabeça para baixo, como li na internet.

Depois disso, esperei esfriar um pouco e acompanhar os comentários no facebook sobre meu almoço hehehehe. Bom, voltei e retirei a polpa toda, assim como as sementes que estavam escondidas.
Mas claro que não ia dar 100% certo... A abóbora furou e eu quase tive um surto amado... Meu namorado disse para colocar dentro da travessa de vidro, mas não... eu queria ela linda, sem nada embaixo!!!! Hunf... tentei de tudo, até costurar (acredite), mas não deu certo, só ficou mais juntinho.

Depois de muito pensar, lembrei que eu comprei um rolo de papel manteiga para fazer bolo, o qual até hoje não fiz kkkkk (Truque que eu vi na França, mas ainda não testei heheheh). Peguei pedacinhos de papel manteiga e coloquei nos buraquinhos. Sabia que não iria desmanchar já que se ele aguenta um bolo, vai aguentar um mero molhinho hehehe (E sim, aguentou, como ficou no fundo, não saiu enquanto estavamos nos servindo, sãiu quando eu estava preparando a marmita mesmo, mas retirei e não ficou nenhum pedacinho do papel).

vamos ao molho:

Piquei as cebolas, como pediu, foi a metade de uma cebola média. Joguei azeite em uma panela e depois deixei dourando as cebolas, como pedido. Depois de dar uma olhadinha básica na geladeira, resolvi pegar um pouco de Shoyo e joguei na panela, para dar um cheiro e um gostinho melhor, pois nada melhor do que uma cebola frita no shoyo (mac cheddar feelings), há e claro, joguei uma pitadinha de sal.

Agora sim, jogo a carne na panela, até deixar ela bem cozidinha. Coloquei BEEEM mais que 250 gr, confesso que foi quase 500 gramas, pois gosto de carne rsrsrs. Ah! Que cheirinho bom de carne moída no shoyo hehehehe.

Bom, vamos seguindo. Joguei a polpa da abóbora, a água quente e o sal. Não joguei muito sal, pois iria ainda colocar meu segredinho, que não é muito hahahahaha.
Esperando secar um pouquinho a água que jogui, coloquei o molho de tomate, usei o salsaretti de calabresa, que por sinal ficou muito gostoso. Como aquele sachê sempre fica restinho do molho dentro, joguei um pouco de água e joguei no molho. Portanto, deixei secando um pouco mais tempo. Agora sim, joguei meu sazón nosso de cada dia. Usei o amarelo, mas acredito que usando o abóbora ficaria melhor, mas neste Extra... só tem o vermelho e o amarelo... sem coments.
Depois de perceber que a abóbora linda puxa o sal, joguei mais um sachê de sazón e ficou perfeito! Bom, depois joguei mais da metade de requeijão na panela e mexi. Claro que não joguei cheiro verde, como vocês sabem... o Extra....
Bom deixei lá bonitinho esfriando enquanto arrumava a abóbora dentro de uma travessa de vidro, por causa do errinho que eu tive hehehehe. Feito isso joguei o molho dentro da abóbora, que por sinal deu certinho de molho, não sobrou nada. Joguei então o requeijão só em cima como está falando, mas claro que não deu certo, ficou feito. Então, mexi com cuidado o requeijão com o molho, para que fique mais homogêneo.

Ah ficou diliça viu? Adorei!!!

Não deu trabalho nenhum, a não ser cavar a abóbora hahahaha.

Quem gostar, joga um pouco de molho de pimenta ou curry ou até mesmo chilli, pois fica bom! Nesta receita não coloquei por causa da Talita que não gosta de pimenta.

Espero que consigam fazer e inventem inovem!!!

Ps: Cuidado com a abóbora hahahaha.

Dessa vez usei o azeite espanhol Barcino. Gostei dele, não tem cheiro enjoativo e ele é bem gostoso.


Até a próxima!

2 comentários:

  1. Que maravilha tudo isto...Vou tentar fazer com certeza...Adorei, ou melhor dizendo , ameiii....
    Angel

    ResponderExcluir